Registro de distribuição

Curiosidades

A rotina dos cartórios envolve diversas atividades, que muitas vezes obedecem a um protocolo, que contribui para trazer maior agilidade e segurança aos atendimentos que são realizadas dentro do ambiente cartorial.  Na maior parte do caso as atividades incluem o recebimento, registro, distribuição, controle e expedição. 

Uma das etapas citadas anteriormente é o registro de distribuição, que tem como principal o objetivo de buscar ações – sejam elas cíveis, criminais, fiscais, fazendárias -, pesquisar bens, realizar protesto, inscrição de títulos e documentos, dentre outras atividades. 

O que faz o Registro de Distribuição

Dessa forma, o registro de distribuição inclui a entrega de documentos para que o trabalho seja realizado, direcionamento aos setores necessários, incluindo fatores internos e externos. Um dos principais pontos do registro de distribuição é a segurança de que a atividade foi sim realizada naquele cartório. 

Além disso, esse tipo de registro se torna uma garantia de que a atividade foi realizada no ambiente necessário, ou seja, em um cartório, normalmente denominado de Ofício de Distribuição. 

Atualmente é possível realizar o processo também no ambiente eletrônico, que tem expandido as atividades cartoriais a cada dia. O estado do Rio de Janeiro foi um dos primeiros estados a aderir o serviço, que auxilia na diminuição do tempo gasto no serviço, sem retirar a segurança. 

 

Leave A Comment