Abrir firma: Como funciona para abrir uma empresa?

Solicite Sua Certidão Online

Deseja abrir firma, mas não sabe por onde começar? O artigo apresenta principais características, como fazer e quais os cuidados

 

O sonho de muitas pessoas consiste em sair da informalidade e abrir a própria empresa. Entretanto, muitas dúvidas surgem no momento sobre quais aspectos envolvem o processo para que isso ocorre, como gastos, quais os documentos necessários, e o que deve ser feito para agilizar o processo. 

Abrir uma empresa é caro? 

As despesas que envolvem o processo de abertura de uma empresa variam de acordo com o estado em que a pessoa se encontra, já que os preços não são tabelados. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Firjan, a variação de preço pode chegar até a 274%. Em média, as despesas variam, inicialmente, entre R$ 2.000 e R$ 3.000. 

Porém, é preciso estar preparado para outras despesas que serão emitidas pelo novo empresário. Esses gastos ocorrem porque, para que uma empresa funcione, são necessários outros pagamentos, como aluguel, adequação do ponto, pagamento de funcionários, honorários do contador contratado.  

Um dos cuidados que se deve ter de forma inicial é de que o ponto comercial já esteja pronto para que a empresa comece no processo de registro. Tal medida é necessária porque, em alguns locais, o zoneamento pode impedir de as atividades empresariais sejam realizadas em alguns endereços. Além disso, é preciso a fiscalização de órgãos regulamentares, como bombeiros e vigilância sanitária. 

Documentos necessários para o registro 

Para abrir uma empresa é necessário que se entre com um processo formal para que a atividade seja registrada, a partir da emissão do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Contudo, mesmo após a emissão do CNPJ é preciso realizar todas as inscrições, alvarás e dados necessários para que se regularize. 

Todos esses cuidados são de extrema importância, tendo em vista que a falta de documentos pode determinar o atraso ou mesmo inviabilizar a abertura da empresa. Cada estado possui inscrições específicas, além de autorizações. Por isso é importante o planejamento dos negócios. 

Planejamento de ações 

O estudo de caso sobre a empresa é essencial na hora de montar um negócio. Se você quer abrir um restaurante, por exemplo, você precisa estudar qual a publicidade necessária; necessidade de fornecedores; quantos funcionários são necessários. 

Esse planejamento ajuda o empresário a ter controle do que gastará de forma mensal e anual. Dessa forma é possível ter noção da margem de lucro que será realizada com todos os gastos. Uma boa opção para as pessoas é contar com a ajuda de um administrador, para que seja realizado o plano adequado a respeito de possíveis imprevistos. 

Microempreendedor Individual (MEI) – uma alternativa para os empresários 

Alternativa para pessoas que desejam abrir firma, e opção pouco conhecida ainda, é o Microempreendedor Individual (MEI). Voltado para pequenos empresários individuais, a inscrição passa por alguns requisitos, dentre eles: a) o empresário deve ter faturamento limitado a, no máximo, R$ 81 mil anual; b) não pode ser sócio ou titular de outra empresa; c) o empresário deve contar com, no máximo, um funcionário.   

Passando todos os requisitos é preciso verificar outras questões que impedem a inscrição no MEI, tais como ser servidor público em atividade ou pensionista (para os servidores, é preciso verificar a legislação, já que varia de acordo com cada estado), ou estrangeiro com visto provisório. 

Dentre os principais benefícios previdenciários obtidos a partir do MEI está o acesso à previdência social para quem contribui com o INSS. Dessa forma, quem possui inscrição no MEI consegue ter uma cobertura, não apenas para si, mas pra toda família, que são traduzidos em benefícios, tais como: 

– Aposentadoria por idade (mulher consegue se aposentar com 60 e homem com 65 anos. É preciso avaliar a carência e o tempo de contribuição que deve ser de, no mínimo, 15 anos); 

– Aposentadoria por invalidez (para este caso, o tempo de contribuição diminui para apenas 12 meses por meio do MEI); 

– Auxílio doença (assim como ocorre com a aposentadoria por invalidez, o empresário que deseja contar com o auxílio doença deve ter contribuído com doze meses, além de apresentar o pagamento em dias); 

– Auxílio maternidade (neste caso, o tempo de contribuição para a pessoa ter acesso ao salário maternidade diminui para apenas 10 meses). 

Além do próprio contribuinte, a família da pessoa que possui o MEI também tem acesso a benefícios, como a pensão por morte e o auxílio reclusão. Para estes casos, é preciso contar a partir da data de pagamento, sendo que não é possível realizado o pagamento da contribuição após a morte do contribuinte ou do auxílio, respectivamente. 

Dicas para quem deseja abrir uma empresa 

Dentre o sonho de ser “donos do próprio negócio” está o sonho de não ter mais um patrão. Entretanto, é preciso avaliar todas as questões que envolvem o sonho de se tornar empresário na prática. 

Os maiores problemas decorrentes desse início em uma nova etapa de vida está à falta de planejamento. Por isso é de extrema importância que quem deseja abrir um novo negócio se atente para estudar todas as questões que envolvem os empreendimentos. O estudo sobre quais são os valores a serem gastos, por exemplo, evitará que você venha a ter futuros problemas com os bancos, por exemplo. 

Dessa forma, a pesquisa e o estudo sobre essa nova etapa é imprescindível para evitar um fechamento prematuro, algo recorrente no país. Abaixo vamos fazer um check-list das principais dicas para quem deseja abrir uma empresa: 

– Estudar se realmente é necessário ter a empresa ou se você se encaixa no MEI; 

– Verificar os gastos que serão realizados com a abertura da empresa; 

– É necessário ter outros funcionários? Avalie sobre a necessidade de quantos funcionários serão contratados, a fim de não sofrer com gastos futuros; 

– Planejar com antecedência sobre os possíveis trabalhos futuros; 

– Ter consciência de que, no início, você terá mais gastos do que lucro. Por isso, o planejamento é tão importante nesse primeiro passo. 

Tendo consciência e planejado todos esses passos, a possibilidade de um fechamento se tornam cada vez menores. 

Solicite Sua Certidão Online

Faça um comentário

Solicite sua certidão